segunda-feira, junho 25, 2007

Para o que ia



Cinemuerte Opening Act for My Chemical Romance, 2007 June 24


Estava à espera de tudo e de nada. Abracei-me ao palco e deixei correr do meu sangue.
Em 13 anos de pseudo-carreira, confesso que este público foi uma revelação. Ok: pensei para mim "aí está algo de novo..algo que desconhecia". Julgava que estas manifestações, quando apresentadas em televisão, deviam-se muito em parte à manipulação de som e imagem em doses e colocações acertadas. Mas não. A histeria crua, nua e sentida, estava ali, deitada diante de mim...assim como um sol em sonhos a pôr-se no horizonte da vida. Digo-vos que foram muitos os momentos de um "só segundo", aqueles que a minha mente define como eternos. Aqueles que jamais se apagam da nossa memória. Aqueles, que de certo, irão crescer dentro de mim, para me acalentar em paz.
As caras, os braços a puxar pelo céu - uma cortina de emoções.
Recordo toda a crew dos MCR com muita estima. De uma dedicação ímpar. As esquinadas, o stress, a dúvida, a surpresa...
Por volta das 19h00, recordo-me de me ter apercebido para o que ia. Portas encerradas ao público travesso pela demora. Recordo-me da loucura generalizada disposta a tudo. Valia tudo.
Recordo-me de irmos a meio do concerto: apercebo-me da entrega sentida de um público puro, cuja idade ainda não permite caprichar. Sinto que aquela noite é a "minha" noite. A noite com a que mais me identifico. A noite de quem se entrega sem olhar para trás, ou até para os lados. A noite de quem talvez julgue, não ter nada a perder. Não há timbres para preconceitos. Não há ideias feitas. Tudo muito à medida do que sonhei.
Parto-me no tempo e no espaço, sobre o palco. Varro os pedaços, e varro-me para um dia nos reencontrarmos.

Nota final: não há cenário de vida perfeito: lamento ter partido um tripé dos Chemical Romance num daqueles ataques devotados que me definem e que à vista assemelham-me à Juliette Lewis conforme comentado hoje no nosso my space:)
"A vocalista é espectacular, parecia a Juliette Lewis saída do filme Strange Days!"
Adoro este comentário porque este filme está no meu top 5*

8 comentários:

Hige disse...

CineMuerte em geral, tiveram bastante bem! Enfrentaram aquele publico com toda a garra e mantiveram-nos de pé durante toda a actuaçao!

Deve ter sido uma honra essa da actuar no mesmo palco que os MCR e de tar nos backstages com eles nao? Que tal? Ficaram os contactos para mais tarde recordarem em conjunto este fabuloso espetaculo que foi?

Ficaram aqui com um fã depois daquele opening act, gostei imenso e nao consigo sair do vosso myspace :P


Continuem que estao muito lá!


btw, como ficou isso do tripé? (lol)


Cumprimentos a todos!
Gonçalo!

mary disse...

O vosso concerto arrasou...
... eu que até não gosto muityo de mcr,. acho que sói por vos ouvir os meus 27 euros valeram a pena

Sophia disse...

Contactos?...hum....visuais:) Posso adiantar que cruzei alguns "Vipes":)Gerard sim.
Sim. São simpáticos e atenciosos. Não me refiro só aos músicos. Toda a crew, como já referi no post. Uns "hi there", "great show", on and on....! O Tripé ficou irrecuperável. Ainda lhe tentámos dar tratamento no backstage,...mas nada feito. Mas como já referi(!) são todos 5* Julgo que o tripé MCR estava destinado a manter-se por Portugal:) Um bem-haja a todos!

Vânia disse...

olhem.. foi espetacular!

estão de parabens.. confesso que não conhecia a banda *sim, sim, sou uma inculta* mas depois do show que deram fiquei sem palavras!
estava com uns amigos, e uma delas disse no inico "bem, estes arrumam os Evanescence a um canto!" tal não é a nossa surpresa quando vos ouvimos a falar portugues xD

bem.. fiquei fã, admito!
MCR é um espetaculo, mas voces aqueceram.nos para o que vinha a seguir!

Mais uma vez, parabens!

Sophia disse...

Para além da MCR crew, o público também foi 5 estrelas. Deslumbraram-nos com as 10 000 mãos no ar a bater palmas como o coração a bater de paixão, em todo o "No one". Unbelievable F*** Audience!Beijos. See you! I Won't forget you...

Hige disse...

Ena pah, a isso é que se chama emoção Sophia.. tratar o tripé de tal forma a ficar irrecuperável :P

Hum.. pensei que no backstage houvesse mais 'Tête à Tête' entre por quem la passava.. mas va, pelo que vejo contentaste-te com esses "vipes" com o Gerard! :P

Eheh!

Sim, tenho que admitir que o publico vibrou com a vossa musica, não foram só vocês que deram por isso, quem la estava apercebeu-se do ambiente que foi criado com a vossa musica, 5 estrelas!


Vá Sophia, continuação de um muito bom trabalho!*

Inês disse...

Hey Sophia =)
Desde já devo dar os parabéns pelo excelente concerto! Dos 3 concertos de Cinemuerte que vi (abertura de Him em 2006,no mesmo ano no SBSR e agora em MCR) este foi o melhor de todos. Não sei se foi por estarem a abrir as portas para a minha banda preferida, mas que adorei, isso adorei! A adesão do público foi óptima! Deve ser bastante gratificante para vós! Mais uma vez Parabéns!

Em relação à cena do tripé...penso que seja o que eu estou a pensar. Eu estava na 1ª fila mesmo no centrinho à tua frente e vi mandares o tripé do micro pó chão! Deu para notar que estavas mesmo contente com aquele concerto!

Espero poder a assistir a mais concertos deste.

Boa sorte para o futuro! ^^

Inês disse...

e é pena não teres tido oportunidade de falar muito com a banda. pelo que se vê no dvd e nos vários vídeos aí pela net eles parecem ser mesmo muito simpáticos :)

*